sexta-feira, janeiro 08, 2010

Blues

O legal da neve é que o mundo inteiro vira um caderno de desenho - a única limitação é o estado de congelamento do meu dedo.

A menina com frio foi instalada no capô do meu carro, e depois que trouxe a foto pro computador fiquei impressionada com a cor do branco da neve: tão azul essa luz invernal, não é?

Não pude evitar de pensar nesse título e na tristezinha do inverno.

Sabe que é bom ficar triste de vez em quando, com um chá do lado? Sem alimentar o monstro, que tristeza tem que durar um dia no máximo, que a vida é curta demais até para ficar repetindo essa frase. Mas tristezinha de vez em quando é bom. Faz a felicidade mais real.

Voltarei inevitavelmente ao assunto adiante. Feliz e infelizmente.

Desejo um ano feliz de novo. Com seu tantinho inevitável de blues bem curtidos.

4 comentários:

Leandro Wirz disse...

Carol, excelente texto, especialmente o quarto parágrafo. A vida é mesmo meio blues. Mas, como é curta, há quem prefira o som(e o sol)do reggae.

Felipe disse...

Happiness is a warm gun

ana senn disse...

Mal posso esperar pelos textos com mesmo tema. Parece que eu precisava ler porque às vezes o esforço é sobrenatural para que a tristezinha não passe de um dia...

Um super FELIZ 2010 pra você, Carol!! Um beijo grande.

Ciça Calvoso disse...

Concordo, Carol! Confesso que já fui de exagerar na dose de tristeza, mas hoje, já nem tão frequente, chego até a sentir abstinência do meu blues´ day permitido. Mas, aí, com certeza ele combina mais com a cor azul da neve do que com os nossos 40 graus e nossa paisagem praiana. rsrs.