domingo, abril 26, 2009

Mudez visual

Minha câmera quebrou e eu estou muda. Tento escrever e não sai nada – como explicar meu jeito de ver as coisas se eu estou sem olho?

Eu falo pelos cotovelos, sobre qualquer assunto. Escrevo compulsivamente – às vezes sem assunto, sem objetivo, sem remuneração (principalmente sem ela). Mas sem uma foto eu não sei escrever pro blog. Não consigo escrever sem ter à mão um jeito bonito ou feio ou inteligente ou banal para arrematar meus trilhões de palavras.

Me contaram que eu devia ter uns seis anos quando cheguei com essa: eu precisava falar, que por favor me escutassem, urgência urgentíssima, eu estava explodindo de palavras. Mais ou menos como agora. Eu preciso consertar minha câmera. E rápido.

6 comentários:

Felipe Campbell disse...

Eu sou apaixonado por foto, como voce sabe, e acabei de comprar uma mega-maquina que tem ate detector de sorriso (ela só dispara qunado você sorri, ehhehee).

Entoa to com uma maquina que nao devo usar mais tanto, mas que tem zoom otico de 10x e fez todas as minhas fotos legais nos ultimos cinco anos (comprei na asia, no meu ano sabatico). Ta bem legal ainda. Quer? Eu levo ela em junho.

FAzemos qualquer negocio, hahaha...

Beijocas e trate de se virar com fotos. Imagem é tudo!

Anônimo disse...

eu também sou assim e sofro assim. olha... enquanto isso acesse o gettyimages.com pra se inspirar em algumas coisas. e vai ser uma coisa por enquanto, com data prevista pra terminar. temporariamente fora do ar. não sofra. um beijo pra você e pra sua câmera, bella.

Anônimo disse...

necessidade de explodir em palavras quem não sabe? Basta saber que devorou 6 pequenos livros com 6 anos, ahahah....

Dorie disse...

bota uma lente aí no obturador e cola com cliclets hehe (brincadeira) também tiro fotos, estudo fotografia. Já passei por isso, no meu outro blog tinha que ter sempre uma foto ou música, pra falar o que eu tentava 'escrever', mas agora to meio 'infertil' em relaçao as fotos. (botei escrever entre aspas por que mesmo que escreva alguma coisa 'não vai' somente rabisco). Pior que essa angustia é quando nada do que você gosta de escutar 'não vai'..

Anônimo disse...

"necessidade de explodir em palavras" é a cara de Carol..perspicaz do jeito dela, capta tudo, pontua tudo, explode em palavras, celebrando a vida..
Continue escrevendo para o nosso bem, tá? É muito bom ler seus textos..Tia Geléia

Ana Chalub disse...

eu não tenho blog,mas entendo PERFEITAMENTE o que vc diz! qdo viajo, não sinto vontade de escrever ou de ligar para as pessoas amigas. mas sinto uma necessidade enorme de transmitir por meio de imagnes o que estou sentindo, vivendo, aprendendo. que seja um cartão-postal - aquela imagem feita por outro, com o nome da cidade escrito em letra rococó, mas que tem muito do que você gostaria de transmitir. hoje, com as câmeras digitais, o mais legal é enviá-las por email, postar no orkut ou flickr ou facebook ou picasa ou... o importante é que os amigos compartilhem. no seu caso, claro, a intenção é diferente. vc tem uma mensagem a transmitir e a imagem faz parte dela. ainda assim, me sinto como você: mesmo sem mensagem pra passar, me sinto nua com textos sem fotos.