sábado, julho 25, 2009

Música de rua

Estressada. Atrasada. Revoltada. Sem um livro para ler. O Ipod descarregado. As quinze estações de metrô pela frente parecem um martírio. Abrem portas, fecham portas. E parece que estamos andando para trás, ô! Trocadéro que não chega nunca.

Daí entra um violino, acompanhado de um sorriso banguela e umas roupas amarfanhadas. E começa a te lembrar de Paris, que a vida é rosa, que você não lamenta nada de nada, esses clichês todos e mais um bocado de outros, tipo a tarantella. E o trajeto fica menos penoso - para mim, pelo menos, porque tem gente que detesta música dentro do metrô.

Um deles é meu leitor no Noblat, que fez um comentário bem brabo sobre os músicos de rua de Paris, meu tema da semana. Mas depois ele repensou a brabeza e fez outro comentário fofo. Tem que ver como estão mudados, meus leitores no Noblat.

2 comentários:

Felipe Martins disse...

Seu ipod tem (ou deveria ter) um monte de músicas legais, ok?

Beijocas!!!

déborah disse...

nem liguei pro texto! liguei mesmo pro mini pedaço da cabeleira vasta do meu pequenininho! :)