terça-feira, novembro 10, 2009

Metrô notebook

Dito isso, não digo mais nada.

7 comentários:

Anônimo disse...

Você deixa eu adotar essa frase como a frase da minha vida?
Beijo pra vcs quatro aí!
Alécia

Carol Nogueira disse...

Lé, tem que encaminhar a requisição pra S. Francisco de Assis - mas tenho certeza de que ele não vai negar. Beijo bem grande.

Emiliana disse...

Linda frase....pra se escrever e colocar em todos os lugares onde o olhar alcançe. Abraço e bom fim de semana.

Anônimo disse...

Adoro ele! Acho que não vai ser nenhum problema mesmo não...
Beijo de novo!

Alécia

Debora Blog disse...

Olá, Carol.

Tenho sido visita constante no seu blog nos últimos tempos. Na verdade descobri vc através do blog Chéri a Paris. Gosto do seu estilo de escrita leve e bem-humorado, desencanado e honesto. Entrar no seu blog é como receber uma lufada de ar puro no rosto. Como sou publicitária tenho um blog sobre propaganda ruim que é bem divertido e gostaria de saber a sua opinião sobre as peças postadas e os meus textos. O blog existe há alguns anos e por já se tornou referência do que não deve jamais virar referência. Acesse www.nfuieu.blogspot.com e conheça o único lugar que publicitário detesta aparecer.

Obrigadinha, e beijos!
Sua fã,

Débora Blog.

asnalfa disse...

Que software vc usou pra escrever essa frase?

Felipe Martins disse...

É tipo "The End", a última música gravadas pelos Beatles, a penúltima faixa do último disco, lançado em 1970:

E no final o amor que você tem é igual ao amor que você faz (ou gera, ou cria).