quarta-feira, julho 28, 2010

Canções do exílio

Eis o primeiro capítulo de um projeto que eu e a Clau inventamos, de ilustrar canções que falem sobre viver longe do país de onde se vem. Nossa ideia é criar uma correspondência das nossas percepções traduzidas em desenhos sobre este tema, que é tão presente nas nossas vidas.

Foi com surpresa e alegria que descobri a Clau no mesmo curso de ilustração que comecei a fazer no ano passado. Temos o mesmo tamanho, os mesmos gostos ilustrativos, temos filhotes da mesma idade e somos brasileiras. Mais: ela passou a adolescência em Brasília e entende por dentro de onde foi que eu vim. Foi amizade à primeira vista.

Como já falei uma vez, é mágico encontrar parceiros para nossos projetos mais pessoais. É como encontrar o amigo perfeito de brincadeiras, só que adulto.

Se somos o que nossos encontros pela vida fizeram de nós, como ouvi recentemente num lindo discurso de casamento, a Clau me fez mais ilustradora. E eu adoro isso.

Deixo vocês adivinharem qual foi a primeira música do nosso projetinho de correspondências. A resposta está lá na página dela, junto com a ilustra linda que ela arrasou, usando uma técnica maneiríssima de transferência sobre tinta acrílica.

4 comentários:

Miss G. disse...

Carol,
adorei a novidade!!! E espero ver varios posts dessa correspondência.
E vou aproveitar pra dar uma diquinha, que talvez seja uma não-dica, se você já conhecer. É um site chamado "ART HOUND", que mostra vários artistas contemporâneos, bem inspirador (www.arthound.net).
Outro é um blog de uma brasileira, ilustradora, muito divertido: http://desenhoque.blogspot.com/
eses dois eu visito sempre!
Beijos e "in bocca al lupo" com os seus projetos!

Poupée Amélie™ disse...

Carol, muito lindo isso, a questão do parceiro perfeito. Engraçado que muitas pessoas passam pela nossa vida, algumas tão insignificantemente, que não deixam marcas (positivas ou negativas), mas há aquelas que o tempo não apaga jamais. Deixam seu legado.
Très beau!
Bisou.

Felipe disse...

Eu to adorando cada vez mais esse seu lado ilustradora.

Leandro Wirz disse...

Tudo de bom: o texto, a ilustra, o projeto, a história de parceiros perfeitos... (cadê o meu?)

Sucesso! Bjo!