quinta-feira, junho 09, 2011

Every single fucking day



Daí ela, que não me via há dois anos, não convivia comigo regularmente há cinco, lançou: aposto como você ainda come cereal seco todo dia de manhã. E eu comia. E como ainda.


O objetivo era desmantelar a minha tese de que eu era uma pessoa super aberta para o novo, apegada ao instável. Choque de realidade: mentira cabeluda. Pior: dessas que a gente conta pra gente mesmo.


Desde então, eu abracei minhas muletas estáveis. Venham, habitinhos imutáveis, que assumo vocês. Enquanto minha cabeça viaja pelas fantasias menos razoáveis e minhas convicções mudam a cada esquina, meus habitinhos banais, sei lá, devem me dar segurança.


E assim, como uma maquininha azeitada, eu acordo suco de laranja com cereal seco de chocolate, trabalho chá twinings se eu der sorte Lady Grey, almoço coca light, sobremeso chocolate, desenho Lady Grey incontáveis vezes e janto... imprevisivelmente. Que no jantar eu super piro: sanduíche num dia, salada no outro, iogurte com geléia, comida de verdade (muito punk, eu) de vez em quando. Super saio da caixa.


Esse ia esse um post igual ao da Amanda, sobre os maravilhosos produtos franceses. Mas como minha vida alimentar é um tédio, resolvi falar a verdade.


peesseum: À esquerda da asa os senhores passageiros encontram agora um link pros frilas que ando fazendo.
peessedois: E agora o blog tem uma versão fofa pra celular.  

6 comentários:

José Fernando disse...

Velhos hábitos, novas atividades. Nas matérias do Estadão e da Carta você esgotou os assuntos.

Renato Senis Cardoso disse...

Por favor, veja o www.zcastel.com.br e tomei a liberdade de postar um artigo seu. Gostaria de mantê-la como articulista, sempre nas condições de mencionar a fonte.
Pode responder para contato@renatocardoso.com.br

abraços e parabéns

Anônimo disse...

Olá, Carol
Sobre o seu texto que li hoje no blog do Noblat (cumprimentos em francês), aprendi na Aliança que o francês diz sempre "bonjour" quando se encontra com alguém pela primeira vez no dia (seja pela manhã, à tarde ou à noite).
Abs.
Vera

Luciana disse...

Adorei o texto!!! Bjos, Luciana.

Ana Chalub disse...

como faço pra baixar a versão fofa pra celular?

Carol Nogueira disse...

Chalubete, quando você abre o Le Croissant no celular ele já abre automaticamente a versão fofa. :o) Um beijo pra todo mundo.