sábado, setembro 10, 2011

As invasões bárbaras



Escrevo ainda sob o impacto da minha primeira verdadeira festa de aniversário à francesa.


Já há dois anos que eu as frequento, fã incondicional da simplicidade e da alegria dessas experiências transcendentais: só as crianças, sem seus pais, passam três horas em companhia de meia dúzia de amiguinhos, brincando com seus brinquedos, curtindo uma ou duas atividades previstas para eles, cantando parabéns e comendo só as porcarias deliciosas de supermercado que toda criança adora. 


Out as caixas de bolo bregas, painéis de isopor com super-herois deformados, garçons e comida a rodo. In três horinhas de brincadeira intensiva. Bom, bonito e barato. 


Só ficava me perguntando como os pais (às vezes só um dos pais) davam conta de conter tanta energia regada a doses extras de glicose por três horas, que parecem um mês dependendo do nível de travessura dos anjinhos. Hoje eu descobri.


E olha que eu contava com reforços: pai, vó, vô e irmã mais nova (que se escondia no quarto de vez em quando). Além do espetáculo de mágica que hipnotizou 100% da população da festa - e ocupou as treze mentes brilhantes por incríveis quarenta e cinco minutos.


Ainda assim, putisquelosparilo: quando o último amiguinho se mandou, eu juro que deitei no chão e agradeci a Deus pelo silêncio.


Foi preciso um mutirão intensivo de duas horas a dez mãos para tornar meu lar habitável de novo. Passado o furacão, ficou o que fica normalmente nos grandes dias da vida: o soninho gostoso de um cansaço feliz.

6 comentários:

machay disse...

Deixe de chorumelas menina!!!....Aprenda com sua mãe. Beijos em todos ai

clanzaq disse...

Mas que e gostoso, e, nao e?? Beijos

Mariana disse...

Parabéns pros teus meninos Carol! Eu aqui tô na outra ponta do barbante: prefiro as festas brasileiras!! Todo ano dou graças porque a Sofia faz aniversario em janeiro e posso fazer a festa dela por la! Alias ja estamos em contagem regressiva! Parabéns encore pro João e pro Pedro e pra todo mundo que sobreviveu à empreitada! bjus!

Anônimo disse...

Carooool!!! "Pelamordedeus"me dê umas dicas pq o do meu filhote é quarta aqui em casa e so estarei eu e maridoso :-0 !!! Juro, que estou em pânico, rsrsr. So planejei uma caça ao tesouro no parque! :-s Bjos aos seus meninos! Emiliana

Anônimo disse...

Quanta diferença dos nivers franceses e brasileiros!! uauauauauaua beijocas na galera, eu

Anônimo disse...

Carol! quase morri na festinha do Gabri! :-) Cancelei o atelier de pintura de mascaras (onde eu estava com a cabeça????) e corri para o parque com todos eles!!! Ufa... Imagina a gente contadno a cada mintuos se todos estavam la! Ufa...AMO buffet rsrsrs...Bjão! Emiliana