terça-feira, maio 01, 2007

E hoje é dia...

Sim, viver em Paris significa comer baguetes aos montes, tomar vinho francês (do bom) a cinco euros, comprar L’Occitane na lojinha da esquina – mas também significa conviver com as manifestações populares. Muitas, várias, pelos mais diversos motivos, afetas às mais diferentes populações do planeta. Quando eu cheguei, achava isso o máximo. Achei legal nossa linha do metrô entrar em greve . E uma vez, na praça da Bastilha, quis me juntar a um monte de portugueses que pediam alguma coisa que eu não tinha a menor idéia do que era. Mas agora acho que mudei de opinião. Nós moramos a duas casas da embaixada do Vietnã. Sábado passado, umas trinta pessoas (de acordo com a Polícia Militar, pelas contas dos manifestantes eram pelo menos cem) passaram a tarde gritando pela libertação de uma religiosa, presa pelo governo vietnamita. Gritando, claro, em vietnamita. No fundo musical, um estridente canto vietnamita – que parecia uma marcha militar escandalosa. Você não tem idéia do que é passar três horas ao som de músicas vietnamitas nas alturas, e com dois vietnamitas se alternando ao megafone (um homem e uma mulher, ela muito mais histérica que ele). Conversando, eles parecem estar brigando – manifestando, então, você calcula.
Sei lá se a religiosa foi libertada no final das contas – mas que a manifestação rendeu, rendeu. Pelo menos para os policiais franceses, que passaram horas conversando e comendo pain-au-chocolat, olhando os manifestantes de longe. E para dois certos bebês, que passaram a tarde toda acordadinhos da silva. Pior é que o dia de hoje, meus caros, promete.

12 comentários:

Felipe Campbell disse...

Quando eu fui ao Vietnã, vi que lá a grande diversão deles, que é espalhada por todos os lados, são ...karaokês!!! A balada é ir pro karaoke. Tem pra todo lado. Imagina só o que é isso? Um desastre!!! Agora isso na França deve ser ainda mais anti-climax.

Glamour zero!!!

Beijos

claudia.brasil disse...

E vc achava que o pior dos mundos era a Esplanada fechada, hein!!! Mas olha, posso te enviar uns mantras vietnamitas que são o bicho! Beijos!

Di disse...

Será que isso é pior do que dois cachorros latindo o dia todo e um monte de aviões passando na sua cabeça? e ainda tinha um vizinho que tocava bateria depois do almoço, quando nosso bebê Dede começava a dormir...
Logo tudo isso passa e voces verão que não foi tão cruel assim, que conseguiram sobreviver aos vietnamitas... bjos

Cibelle disse...

Eita, já tá virando parisiense. Daqui a pouco vc vai começar a falar mal dos turistas... Será? :)

sabrina disse...

vou praí cuidar dos bebês. manda a passagem, não tem problema nenhum!!! :) saudades!!!! sá.

Felipe Campbell disse...

A segunda edição da Joselito Rock Party, a festa mais esperada do milênio, será no dia 7 de julho de 2007. No Gates (agradecimentos especiais ao Marcos Pinheiro). No som, apenas rock´n´roll. Somente e tão somente. A festa será o momento sublime de comemoração do www.joselitando.blogspot.com, o melhor blog da internet mundial!

Sem mais para o momento,

Felipe Campbell
Thiago Vitale Jayme
Guilherme Zé Gotinha Goulart

Lali disse...

Tem coisa pior sim, Carol: agüentar as manifestações em Brasília ao som de Calypso e músicas afins, bem na janela da sua sala de trabalho!

Saudades de vocês!
Beijos,

Anônimo disse...

Olá Carol! Não sei se vc lembrar de mim, sou amiga de Dea Pinheiro... nos conhecemos no Grand Hotel Majestic (risos) no São João de Arcoverde... Bom, a essa altura, nossa amiga tcheca já deve estar por ai te visitando, né? Bom, beijos pra vc e seus filhotes!

Milena

Carol Nogueira disse...

Hahahahaa! Milena, é claro que eu me lembro. Tenho uma foto linda de todas nós e a quadrilha de pernas de pau! Tô louca pra ver a Déa. Me manda seu email depois. Beijo

Felipe Campbell disse...

Carol, cuida bem da Andréa ai. Mas com a Milena você tem que tomar cuidado. Ela é das minhas: sem limites, hihihiihi...

Beijoca!!!

germana accioly disse...

carol,
tenho lido teu blog com uma saudade de Paris danada! e aí mistura este sentimento lusitano com a vontade de ver vocês e tu vai ver no que dá!
um beio muito grande nos quatro.

germana

Johnny Papoula disse...

Eu vou comer baguete tomando vinho.