sábado, fevereiro 09, 2008

Me, mim, comigo

É deprimente aceitar conselho da televisão, eu sei, mas, bom, eu aceitei.
Sexta-feira fui ver alguém que não via há muito tempo, fomos juntas no cinema, primeira vez depois dos nenéns, acredita? Filme sobre a maternidade, óbvio, ri, chorei, fiz análises e análises, e depois saí: andei, vi vitrine, vi exposição, cruzei a cidade pra ver uns objetos sem graça, a exposição eu não curti, mas a cidade...
Legal mesmo foi ler no sol, quanto tempo tinha que eu não saía com o livro embaixo do braço e pronto, qualquer banco é lugar, qualquer pedaço de chão e eu estou feliz. Perdi a hora de pegar os meninos na creche, rapidinho anoiteceu. A tarde passou correndo - é que o tempo voa quando a gente está em boa companhia.

5 comentários:

Kia disse...

Com certeza...
Que bom vc ter voltado a escrever aqui.
Estava com saudade de estar em boa companhia.

princa disse...

aproveita esse tempo contigo mesma, que você tem mais a cada dia, e escreve mais por aqui! além de ser fã do que você escreve, da forma como escreve, é uma delicia saber da sua vidinha por essas linhas curtas mas cheias de histórias!
te amo!
beijo cheeeio de saudade! :)

Dante Accioly disse...

Cumade, cumade! Quem bom que você voltou! Veja mais televisão! Os conselhos deles são ótimos!!!!!!

Carol Nogueira disse...

Três pessoas muito amadas pra recomeçar os comentários. Voltem sempre. Eu prometo fazer o mesmo.

Felipe Campbell disse...

Que bom que você voltou. Não aguentava mais entrar diariamente aqui e ler "Deu na Times". Mas nunca desisti!!! Não sou tão fácil assim!!!

Beijocas