sábado, agosto 02, 2008

Não tenha medo de sofrer

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim Que nada nesse mundo levará você de mim Eu sei e você sabe que a distância não existe Que todo grande amor Só é bem grande se for triste Por isso, meu amor Não tenha medo de sofrer Que todos os caminhos Me encaminham pra você Assim como o oceano Só é belo com luar Assim como a canção Só tem razão se se cantar Assim como uma nuvem Só acontece se chover Assim como o poeta Só é grande se sofrer Assim como viver Sem ter amor não é viver Não há você sem mim Eu não existo sem você

6 comentários:

kia disse...

Fala poetinha...
Quem tirou a foto?
Bjs
Kia

Marilena disse...

Olá Carol, estou me preparando pra imigrar pro Canadá e já fico pensando em como serão as visitas ao aeroporto. E as despedidas são terriveis, né?

Falando do desmame: nos meus três, o trauma foi sempre meu. O Eduardo simplesmente resolveu que nao queria mais o peito aos 8 meses. Não houve o que fazer e eu tive que entrar com o NAN.
Com a Helena, meu leite começou secar aos 6 meses. Fiz de tudo pra evitar o NAN, mas ela começou perder peso e tive que aceitar.
Com a Luísa foi mais traumático porque eu percebi que meu leite estava diminuindo aos 4 meses. Só eu sei o que tive que fazer pra conseguir amamenta-la até pelo menos os 6 meses, mas aos 5 tive que começar complementar com NAN. Fiquei super frustrada mas com a consciência tranquila de que não foi preguiça ou má vontade.
Tanto a Luisa quanto a Helena se adaptaram super bem à mamadeira e esqueceram o peito com a maior facilidade.
Pelo menos teve este ponto positivo!!!

bjs

Marilena

Carol Nogueira disse...

Kia, foi o Beto, que você ainda não conheceu, mas vai conhecer! :o)
Marilena, as despedidas são terríveis e duram séculos! E a gente tem que segurar a barra e fingir que não sofre, senão a família inteira desaba.

Grupo QI-17 disse...

Eu conheço essa declaração de amor...é da Maysa (pelo menos era ela quem cantava, na minha época)
Mas cabe direitinho nesse amor das irmãzinhas mais fofas do mundo, que se encontraram em Paris por uma semana, que foi pouco pra recarregar a bateria do coração cheio de saudades, e esperar pelo novo encontro...mas o tempo passa depressa e logo, logo, eles voltam, Dede...eu tambem tô esperando, ansiosamente...

Felipe Campbell disse...

Nossa, faltou só "Caça e Caçador", do Fabio Junior, ao fundo, pra completar o drama.

Carol Nogueira disse...

Heuaheuaheua, Fê! Tem toda razão! Chega de dramas, nean? A vida é linda e a princawinca também, mesmo estando do outro lado do mundo. É bonita, é bonita e é bonita. Beijos