sexta-feira, março 12, 2010

Medo do fim

O chato de estar em análise é que, de repente, as coisas mais cotidianas passam a te parecer a chave para uma verdade profunda. A maneira que você age com tudo a seu redor passa a falar sobre você - o tempo todo.

Saí do banho hoje e me dei conta de que tenho quatro potes de cremes inacabados no meu balcão. Quatro. A maior parte chegou quase no finzinho, tinha só aquele restinhozinho lááá no fundo - mas não acabou.

Não pude fugir da verdade que os potes de cremes me gritavam: eu evito o fim. Provavelmente por medo. Se até do fim dos cremes, imagina do resto.

E por falar nisso,

17 comentários:

piscardeolhos disse...

Por isso que eu não faço terapia.
As vezes um pote de hidratante quase no fim é apenas um pote de hidratante quase no fim.
I say: don't let them drive you nuts, Carol!
Gostei daqui.

Toilet disse...

Meu Deus que coincidência. Eu tenho um problema com tudo que vai chegando ao fim. Perfume, cremes, shampoo, não sei o que é. Quando está acabando eu paro de usar e ele fica lá com aquele restinho. Será que isso quer dizer alguma coisa. De vez em quando tenho um ataque, abro o armário do banheiro e separo tudo que está acabando e ponho para usar. Os vencidos vão para o lixo. Vou falar sobre isso com a minha analista, rs.

Beijos,

Sicrana

Amanda disse...

Nossa, comigo é justamente o contrario! Quando um produto esta chegando ao fim, eu largo todos os outros so pra acabar com aquele logo. Depois me da uma sensação de dever cumprido, sabe? De mais espaço, da possibilidade de comprar um novo, da nova mudança que isso pode provocar. Nossa, sera que isso quer dizer alguma coisa?

Amanda disse...

Ah, adorei como vc terminou o post! Hehehehe! Ou não terminou, né?

déborah disse...

isso me lembra de uma vez, há muito tempo, quando vc ainda escondia uns quilinhos a mais embaixo da blusa do psiu, que a gente foi no mc donald's e vc pediu sundae de caramelo, comeu todo o sorvete e deixou só o caramelo pro fim. só que daí alguém esbarrou em vc, o copinho com o caramelo caiu no chão e espalhou pra todo lado e vc chorou e disse que nunca mais guardava nada pro final! :P

Dante Accioly disse...

KKKKKKKK!!!!!!!! Geeeeeeeeeeenial!

Princess Deluxxe disse...

te entendo total!

Anônimo disse...

hahahah: Dé, não era só o Mc, não! do jeito que for, fofinha por fora ou por dentro, essa menina amada temia também COMEÇAR a comer os ovos de chocolate; pensando no fim que desponta nos começos! hoje ela assume a dor que os pontos trazem, mas já sabe viver lindamente o presente. sorte a nossa, não é?! :) saudade-saudade-saudade. muitos beijos, Sá.

ana senn disse...

nossa, adorei o post Carol! eu nem faço analise e vivo tentando achar coisa onde não tem, fico fazendo avaliações mirabolantes sobre as minhas atitudes. e nesse caso, sou bem o contrario, exatamente como a Amanda, qdo uma coisa ta acabando, eu nao vejo a hora que acabe, qdo jogo o potinho no lixo, me da uma sensação de satisfação. hahaha

Emiliana disse...

Ixi...qta complexidade...rs...

Gisley Scott disse...

Eu evito o fim da pasta de dente.Sempre.Esse é o meu terror :)!

Meu esposo evita o fim do café na sua xícara.Como notei "a comédia", ele toma até o fim agora pq reduzi o tanto que ele antes tomava.Café de boa qualidade aqui é caro...

Esse post é bem interessante...Nunca tinha parado p/ pensar sobre "os fins que evitamos" até agora.

machay disse...

O fim que evitamos é em respeito ao fim que representa cada fim.
Beijos

Alberto Lima disse...

Acho que o fim que você menos gosta de imaginar é o fim da sua bagunça :P

Aline disse...

Eu evito o fim do copo d´água. Eu nunca bebo até o fim, quando falta um dedo, eu jogo fora! Já tentei beber até o fim, mas é impossível!
Quem é que não tem um fim que não consegue digerir?

Felipe disse...

Copo de cerveja que é bom você não deixa nada que eu sei!!!

Leandro Wirz disse...

Eu nasci em 1968, o ano que, segundo o Zuenir Ventura, não acabou.
Mas eu sou um animal prático, objetivo. Gosto de terminar as coisas. E mais ainda, gosto de descarta-las quando chegam ao fim.

Anônimo disse...

Carol, todos fizeram analise do fim...Vc ta provocando terapia em todos.hihihiBjs, Di
Beto, nao precisava esculhambar...poh..